domingo, 8 de novembro de 2009

Rondó

Nos confins da Islândia
No meio do Sahara
em praias desertas
nas cidades
ouço o grito
´´tenho fome``

Todos andam
no mesmo batuque
de gota em gota de suor
estampado na testa
um grito:
´´Tenho sede``

Uma vez iniciado
o pequeno montinho de areia
toma a forma de um castelo
trascende os limites da lógica
circulando em espirais de virtude
o ser humano se expande

Veja a planta que nasce
veja o velho que adoece
é o ciclo da vida
engrenagem simples e complexa
Sintese e analise
um movimento de corpos celestes

Gira sem parar
a grande roda do tempo
as estrelas e marés
a trama que tecemos
na valsa dos sete ventos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário