sexta-feira, 6 de março de 2015

Os Sete Fatos do Dia 06/03/2015 bem rápida (a) Mente

5:00 num canto da rodoviária novo Rio sentindo aquela velha nuvem negra do dever retornar ao ponto de partida, porém não mais o mesmo na chegada. Eu Parto da plataforma A rumo a cidade do aço e aí já são dois os fatos que conheço. Faço que não sei e durmo um pouco na minha poltrona 15 vendo o garoto da 7 tocar bateria de vento (se é que isso é possível) ao som uma musica gospel bombando headfonicamente falando. E aí já são quatro com minha chegada na delegacia de policia federal, todo mundo calado, sério, ninguém tava bem ali. Alguns foram tirar o passaporte como eu, outras três mulheres foram levar comida e roupa para alguém preso ali (tenso). Resolvi minha treta as 10h e vi ... um arco iris em volta do sol.Foi a coisa mais linda somando com o cara que fazia malabares no sinal da esquina e a Menina ou melhor ... Mulher ... são seis e daí? Daí que almocei, a doze e cinquenta o P.F. o prato feito e peguei o táxi pela orelha caindo direto na rodoviária de V.R. (Volta Redonda). Esqueci, mas acho que passei da conta as 13:55 ... Estou no ponto de partida as 20 e trinta, na minha cidade maravilha meu ponto de chegar e dormir.

sábado, 2 de outubro de 2010

Mais um Rei

Passarinho colorido
vem contar a História
de um velho ribeirinho
que tocava um violão

Na beira do rio
jaz um corpo fraco de lutar
energia colorida
vem fazer o seu som

Morena bonita
lavando o seu corpo natural
na caichoeira da floresta
esperando o dia que ja vem

Energia colorida
vem tomar meu corpo natural
vem fazer o teu som
na beira do rio natural

Quilombo amanheceu sem mais um Rei
estrela que se foi
escravo foi morar no céu
nhô nhô já se pérdeu no matagau

Terra verde terra de ninguem
Bandeirante foi buscar
pedra preciosa natural
mas achou Uiara.

Existe um lugar

Existe um lugar
onde o dia jamais se acaga
e as horas que passam
são apenas poeira no ar
feche os olhos e ouça
passarinho cantando a canção

Ando sempre sozinho
procurando uma razão
que me abra os olhos
que me afaste de todo engano
que me mostre a verdade
que me diga o que é o amor

Há um rosto escondido
lá no meio da multidão
Envolvido por tantos
mergulhado em solidão
fecho os olhos e ouço
minha alma
a inspiração

Cantar
pra sempre vou cantar

terça-feira, 30 de março de 2010

Ela do morro

quem é essa morena?
que pinta o cabelo de loiro
que fala sem parar e me deixa tonto
quem é você?
que faz passar vergonha diante do mouse?

Me faz sentir quem nunca fui
o que nunca sou
diante do meu computador
apenas um holograma
da minha mente mais leve que 1 kilograma

Nas altas horas da insanidade
quem é você?
que não é ´´assim``
tão triste que se faz sentir daqui
um arrepio de amor
o Riso gorducho de criança

fecho os meus labios
caio no teu silêncio
entro nas tuas palavras
nas imagens do teu universo
em verso e prosa obscura tão escura

Tão grande quanto um iceberg
sinto o calor da natureza urbanizada
fritando no asfalto cotidiano
eu me vejo ... no final de um tunel
eu e égo uma sombra a espera de um abraço

Quem é você?
pra me fazer pensar em mim
e sair do gueto e entrar no beco
quem à de ser o eu que nunca fui
e que posso ser
quem é você?

Diga Sim

que é loucura
o que passa
na tua cabeça

Cenas de amor e prazer
as mãos nos contornos e entornos
nas entradas e saidas

As formas do sim
tão secretas
me abrem as vistas
para o vale do teu corpo
forma estranha de tocar
de sentir um suspiro

Essa mulher surtando
do meu lado
em mim
molhando minhas mãos
eu paro quando ela for começar

Digo sim
com vergonha
na primeira vez
com um sorriso na segunda

Sem graça digo sim
para a voz
que me chama de cachorro

Eu digo sim
Sem eira nem beira
de cara
eu a devoro
eu digo sim.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Adolescência

Por andar entre os mortais
Por me encontrar dentro do shopping
por sentir um vazio na história
percebo

uma parte de mim está longe daqui
talvez no patio da escola
ou no banco do ônibus
onde lia meus quadrinhos

cada pagina tinha o cheiro e a essência
da fina cor vermelha
o furor
a pérola
Adolescência

No meu quarto
fotos por todos os lados
sorrisos expondo o grito
sem perder o viço

mas não se prenda
aos primeiros beijos e trocas molhadas
a fantasia das drogas
e o corpo sarado

Logo chega a hora
de todos tomarmos cuidados
com o próximo passo
Mundo Adulto

Lá vou eu
caindo e levantando
no mundo de ai meu deus
e salve-se quem poder
tomara que ainda sobre forças para amar

Mesmo no caos da cidade
onde a lei é o dinheiro
e manda o mais forte
espero um pingo de sorte
pra me refazer
mais firme
mais jovem.

Menina - mulher

você é um mar em furia
coração agitado quase insano
sem cura

ouço todas as sextas a tua voz
onda gigante batendo em meu paredão torax
eu dou um passo para tras
é a minha vez agora

passo meus olhos por todo o teu corpo
desenhando os contornos em memoria
estou enlouquecendo com a mulher
que só me pede que toque mais uma canção

Antes um poema à um beijo roubado
Ela quer meu carinho
meu abraço

Absorve com o olhar todos os pequenos detalhes
de um amor possivel que pode durar

Já não vejo mais a mulher
no beijo dela sinto uma doçura tão grande
Já não sou mais tão forte
sou tão criança quanto ela
perdido nos sonhos de menino
que um dia tem de crescer.